Porque a gestão do seu condomínio deve ser acompanhada por profissionais ou empresas:
  • Num condomínio uma pessoa sozinha não consegue tratar de todos os assuntos eficazmente e muito menos consegue poder negocial com fornecedores para contratar serviços, reparações e garantias;
  • Para se conseguir baixar os custos de organização e manutenção de um condomínio é necessário para isso que exista volume, ou seja quando qualquer produto/serviço/manutenção é negociada com os fornecedores, além do seu prédio estão incluídos todos da carteira que são acompanhados pela alfadomus, conseguindo assim uma base negocial muito mais forte.
  • O apoio jurídico muitas vezes é o custo que mais destabiliza o orçamento de um condomínio, para manter um bom cumprimento do regulamento do condomínio e o que muitas vezes para evitar esse custo permite manter as situações irregulares o que leva a penalizar os condóminos cumpridores;
  • O envolvimento e a insatisfação de outros condóminos, as cobranças, as reclamações são fatores que podem levar a um mau estar entre os vizinhos, mesmo que esteja a ser feito um esforço adicional pelo condómino/administrador, mas esse trabalho nunca é muitas vezes recompensado pelo seu esforço e preocupação em ter as contas em dia.
Gestor de condomínio:
  • A figura do gestor de condomínio é um elemento onde a alfadomus percebeu que existia uma lacuna no serviço de apoio aos condomínios, um elemento de maior próximidade e de contato permanente.
  • O Gestor de condomínio é a ligação entre os condóminos e a administração, o gestor é responsável pelo acompanhamento por um número máximo de condomínios sem prejudicar a sua eficácia, deixando toda a parte burocrática a cargo dos serviços administrativos da alfadomus estando estes serviços centralizados, libertando assim o gestor para o que é mais importante na sua função que é o acompanhamento do seu condomínio mais regular e próximo para detetar as avarias e anomalias e rapidamente intervir, bem como reduzir custos administrativos e burocráticos.
  • O Gestor de condomínio é um elemento da equipa que é avaliado pelos próprios condóminos pela sua prestação e eficácia, na qual se não houver satisfação pelo seu acompanhamento, essa informação deverá ser reportada sempre à alfadomus pelos meios adequados de contato e que na pessoa eleita como administrador e responsável do condomínio, para assim ter conhecimento e melhorar o seu empenho e acompanhamento ou se necessário alterar o próprio Gestor de condomínio, sem haver a necessidade de convocar uma nova assembleia, uma vez que o gestor não tem funções de administrador.
  • Com a figura do Gestor de condomínio a alfadomus consegue assim crescer na sua carteira de condomínios de uma forma cooperante com o seu prédio, sem prejudicar o acompanhamento personalizado, centralizando ainda o que é burocrático mas à distância de um clique, via e-mail ou telefonema através de uma linha geral de atendimento.
  • e assim ao aumentar a carteira de condomínios aumenta também o poder negocial e consequentemente maiores vantagens para o seu condomínio, nomeadamente em descontos de produtos/serviços.
  • No caso de já ter uma pessoa responsável, morador e/ou proprietário, pela administração do seu prédio, pode ser nomeado como Gestor de condomínio, com benefícios ou não, desde que eleito por Assembleia Geral.
Administração
  • Convocar e presidir a Assembleia de Condóminos;
  • Redigir as atas;
  • Propor e fazer aprovar o Regulamento do Condomínio;
  • Apresentar proposta anual de acordo com as despesas reais para orçamentar a próxima administração;
  • Fazer a inscrição do Condomínio no RNPC;
  • Cobrar as quotas mensais, assim como o Fundo de Reserva;
  • Abertura da Conta à ordem do condomínio, bem como a conta do Fundo de Reserva;
  • Executar as deliberações da Assembleia, representar institucionalmente o condomínio e assegurar o cumprimento das disposições legais e administrativas relativas ao Condomínio;
  • Manter à sua guarda todos os documentos respeitantes ao condomínio;
  • Efetuar o seguro Multirriscos para todo o edifício, conforme determina a lei;
Manutenção:
  • Substituição de lâmpadas;
  • Substituição de interruptores, disjuntores e automatismos;
  • Vistoria quadros elétricos e eletrobombas;
  • Manutenção preventiva e pesquisa de anomalias.
 Limpeza:
  • Pavimentos
  • Vidros
  • Madeiras
  • Inox
 Jardinagem:
  • Construção de jardins;
  • Sistemas de rega;
  • Poda;
  • Adubar